[Prólogos Paralelos] Nolito de Centauro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Prólogos Paralelos] Nolito de Centauro

Mensagem por Nolito de Centauro em Sex Abr 10, 2015 10:01 pm


ilha de kanon

        


          Inferno na terra, essa poderia ser a descrição da Ilha de Kanon, localizada no mediterrâneo é praticamente inóspita de solo árido, formado por areia, cascalho e rochas vulcânicas, vegetação rara composta de gramíneas, pequenos arbustos e algas incrustadas nas rochas a beira da praia e poços de águas termais, animais encontrados são apenas aves visitantes e alguns crustáceos moradores das areias. Compondo a paisagem encontram-se praias de águas sujas pelos detritos e cinzas do vulcão e pequenas lagoas de água termais, ligadas subterraneamente ao magma do vulcão, com temperaturas de normais de aproximadamente 40 °C, chegando até 70 °C, onde se formam géisers. As erupções frequentes com vapores e gases tóxicos ricos em dióxido de carbono (CO2), dióxido de enxofre (SO2), ácido sulfídrico (H2S), ácido clorídrico (HCl), ácido sulfúrico (H2SO4) , entre outros, formam as frequentes chuvas ácidas que além de sua toxicidade para a vida, desgastam e moldam rochas em figuras intrigantes. Lavas incandescentes destroem e reconstroem o local, destruindo a escassa vegetação, formando pequenos cânions e valas em seu percurso e vagarosamente aumentando a dimensão da ilha.


         Lá estava o garoto de 10 anos de idade, Nolito, ainda mal acostumado com suas novas vestes de treino em tecido simples vinho, camisa de manga curta com pequenos cordões em sua gola e calças de mesma cor, uma proteção simplória formada de botas, caneleiras trançadas, joelheiras, cinturão, peitoral, ombros de couro marrom bem surrado, completando ataduras gastas e amareladas cuidadosamente enfaixando suas mãos, punhos e antebraço. Estava a espera de Nesso, seu mestre, desconfiado do que iria ocorrer naquele momento, seu mestre só havia falado que seria um treinamento árduo durante 24 horas por dia, sete dias na semana até que estivesse pronto para ir ao santuário de Atena, não entendendo nada. Após alguns minutos de espera chega Nesso, jovem adulto de 22 anos, sempre com um sorriso no rosto, cabelos castanhos, pele branca queimada de sol, olhos azuis, corpo forte e musculoso, por volta de 1,80 de altura e 75 quilos, trajava uma calça jeans clara, camiseta branca, e uma espécie de armadura em couro e metal barato, formada por uma bota, cinturão, cobertura para o tronco, ombreiras e bracelete. Ao se aproximar do garoto, o jovem levanta uma de suas mãos e lhe dá um peteleco na testa, perguntando-lhe:


- Garoto se você quiser voltar atrás essa é a hora, o que lhe espera é apenas dor e sofrimento, tem certeza que quer começar? Depois não terá volta. - O sorriso se transforma em seriedade plena.

- Já disse que sim, quero me tornar forte como você, quero ser o que você chama de cavaleiro de Atena, quero proteger as pessoas, não ver sofrimento diante dos meus olhos. Já perdi tudo não tenho mais nada, não tenho motivos para desistir. – O olhar de determinação procura ao de seu mestre, mostrando que não irá voltar atrás.

- Vejo que você está determinado e confiante, mas precisará mais do que isso, precisará superar os seus limites, não!, os limites de um ser humano, você terá que descobrir e entender os segredos do universo, compreender do que ele é formado.
- Chega de blá blá e vamos começar, o que eu tenho que fazer?


- Nolito, você realmente não está preparado, mas vamos começar demonstrando a cosmo energia. – Nesso se abaixa momentaneamente e pega uma rocha, não muito maior que sua mão. – Observe atentamente o que vou fazer. - O jovem se concentra e algo diferente acontece, o ar começa a se deslocar do corpo de Nesso para todas as direções e sua mão que contem a rocha, começa a brilhar, com o movimento de fechar a sua mão a rocha é esmagada instantânea mente, sobrando apenas pó.

- O que é isso Nesso? O que você fez?

- Essa é a cosmo energia, o poder dentro de nós capaz de destruir moléculas e átomos. O que eu fiz foi apenas utiliza-la para destruir as forças que uniam os átomos da rocha e a desfragmentei, isso é apenas o mais simples exemplo. Eu quero que você domine este poder, terá que treinar arduamente todos os dias, sua vida dependerá disso, entendeu?

- Huuum! Não entendi bulhufas do que você fa... – Sem terminar de falar arregala os olhos e assisti o rápido movimento de Nesso, que deixa seu punho esquerdo em chamas e acerta o frágil abdômen do garoto, o grito de dor e raiva se espalha irrelevante pelo local. – Tá doendo, tá queimando, seu idiota, o que eu fez! – Segue as reclamações.

- Você não falou que quer ser cavaleiro, e mal aguenta um soco. – Retém as chamas de sua mão e a queimadura na barriga do garoto. – Quer recomeçar?

- Não acho justo, mas venha agora não vai me pegar de surpresa Nesso!!

          A luta entre os dois começa, com o óbvio resultado, a criança sendo surrado pelo seu tutor, recebendo socos, chutes e quedas entre outros, deixando-o com sangramentos, torções, fraturas, fissuras e hematomas por todo o corpo, não tendo acertado um golpe se quer. O primeiro dia se passou e o garoto estava lá machucado e inconsciente a beira de uma fogueira. Nesso estava cuidando de seus ferimentos e fazendo algo para comer e pensa se está fazendo a coisa certa, se aquele garoto realmente irá aguentar. Após algumas horas Nolito acorda esfomeado sentindo o cheiro da comida, porém não consegue se mover até ela, mesmo seu cérebro mandando comer. Em um sinal de carinho o mestre leva a comida até o garoto, lhe dando a sopa diretamente na boca.

- Nolito essa será a ultima vez que eu irei alimenta-lo e cura-lo, você terá que sobreviver, você não sobreviveu quatros anos sozinho sem seus pais, não vai ser agora que vai amolecer. – Em silêncio o garoto tomava a sopa e escutava as palavras de seu mestre. – Você terá que fortalecer seu corpo e sua mente, e o principal dominar a cosmo energia que há dentro de você. Eu posso sentir seu cosmo, é poderoso, porém adormecido.

          Passaram-se dois dias do primeiro treinamento, as feridas de Nolito estavam praticamente curadas após o uso extensivo das habilidades de Nesso. Era hora de recomeçar, o garoto estava determinado e comprometido a seguir as palavras de seu mestre, havia começado a verdadeira batalha de Nolito. O treinamento havia começado batalhas seguidas onde Nesso utilizava vários estilos de lutas, que com o tempo eram assimilados pelo garoto. Além das batalhas havia alguns momentos de treinamentos físicos, mentais e espirituais, onde o corpo de Nolito ficara cada vez mais forte, mais resistente, sua mente mais concentrada, e cada vez mais entendia o segredo da cosmo energia e das chamas. Era instruído em conhecimentos em todas as áreas culturais, aprendendo letras, estudos sociais, matemática, ciências avançadas, astrologia e religião. Aprendeu sobre a mitologia Grega e a importância de Atena para as pessoas e para o mundo, e também sobre as constelações protetoras dos cavaleiros. Agora o garoto aprendera a arrumar comida, a se proteger e cuidar de si mesmo, não dependendo mais de seu mestre.

         Cinco anos se passaram com uma evidente evolução de Nolito, estava com o corpo musculoso, mais alto e disciplinado, já havia extrapolado as virtudes de um humano comum, não só conseguindo quebrar rochas com braços e pernas, mas também gerar chamas e ventos. Nesso decide que Nolito está pronto, que agora seria a provação final antes de leva-lo para o santuário, onde se tornaria um cavaleiro. Explicou para o agora adolescente que irá até o vulcão, para viver e sobreviver lá, aprender a suportar o calor, a fumaça e tóxica, a pressão extrema e a sua provação final, a dominação do vulcão, cinzas e do magma com sua cosmo energia.

          Nolito parte determinado, subindo a pequena montanha onde o vulcão se localiza, subida íngreme, porém sem muitos desafios, estava acostumado subir até lá, se proteger das cinzas, de rochas que rolavam e da lava que escorria. Após algumas horas chega à cratera, diante dos seus olhos estava ao fundo o poço de lava, que se movimentava formando várias plumas de lava, como se estivesse vivo e sentisse a presença do jovem. A temperatura era extenuante, o cheiro totalmente desagradável, um ser humano comum já estaria morto só de chegar aquele ponto, mas era sua missão, não tinha o que perder então começa a sua descida até próximo à câmara magmática, saindo de lá apenas para arrumar comida voltando em seguida. De pé diante ao poço de lava começa a elevar sua cosmo energia deixando seu corpo em chamas, controlando-a cria uma grande chama vermelho escura em torno de si, sem mover a lava ou quaisquer resposta do vulcão.

         Algum tempo passou e por mais que explodia seu cosmos o vulcão não respondia positivamente, apenas entrava em erupção obrigando-o a retrair e se proteger, até o fatídico dia em que não conseguiu, a lava o alcançou, por mais que corria não tinha espaço ou saída para fugir, o encontrou e uma onda poderosa rumou contra seu corpo. A lava o envolveu e a única coisa que o protegia agora era a sua cosmo energia ardente que formava uma segunda pele, porém não iria durar muito para se extinguir pela exaustão ou a pressão exercida contra o seu corpo. Lembrara-se da promessa que havia feito que fosse sobreviver e que ficaria forte para proteger as pessoas que precisam que seria um cavaleiro de Atena. Neste momento fica inconsciente, restando apenas à força de vontade, sua cosmo energia explode, o magma passa a circular pelo seu corpo em várias órbitas circulares, criando uma espécie de casulo. Voltando a consciência sente o calor, sente como se agora fosse um só com o vulcão e com todo o magma, não sentia os efeitos tóxicos ou pressão ou calor como algo mal, mas sim como parte dele agora. O magma retrai o deixando caído na beira do poço incandescente. Passa algum tempo ali aplicando as suas técnicas desenvolvidas ao longo dos anos, aprendendo a ser um com o magma, domínio completo do seu novo poder. Convencido de que completou seu treinamento decide voltar, terminado sua jornada se aproxima da caba de Nesso e o vê sendo atacado... ( final está na história da minha ficha.)
 



_________________
avatar
Nolito de Centauro
Cavaleiro de Prata

Capricórnio Mensagens : 9
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 21

Dados do Saint
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)
HP:
1000/1000  (1000/1000)
Nível: 3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogos Paralelos] Nolito de Centauro

Mensagem por ADM Daënna em Sab Abr 11, 2015 2:59 pm

Não vi muitos erros e foi bem enriquecido. Mesmo tratando-se de uma cena no qual já viveu, eis os seus atributos de recompensa :  + 1 nível
avatar
ADM Daënna
Admin

Aquário Mensagens : 158
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 17

Dados do Saint
Cosmo:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)
Nível: 2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum